sábado, 7 de janeiro de 2012

O cheiro de café fresco contagiava toda a casa e me acordava. Sentia algo aquecido, mas não entendia o que era. Eu mal sabia que aquelas manhãs brilhantes eram felizes.

Um comentário:

starmaru disse...

uau, você ainda escreve no blog! que legal!